Roteiro de 3 dias em Montevidéu | 1º Dia – parte I

Com dúvida de quantos dias deve ficar em Montevidéu? Pois é, muita gente pergunta isso e realmente é para ficar pensando, visto as muitas belezas e atrações dessa linda cidade. Em geral, Montevidéu é muito usada como ponte para os viajantes que tem como destino final a Argentina (ou vise e versa), no clássico roteiro (ida ou volta) por Colônia del Sacramento. Vou aqui passar minha sugestão do que fazer em Montevidéu em 3 dias, tempo legal para percorrer os principais pontos turísticos e a grande maioria caminhando. Para facilitar, procure uma hospedagem próxima ou dentro da Ciudad Vieja, esse bairro é o mais histórico e boêmio da cidade, alias uma coisa que vocês vão perceber, Montevidéu parece que parou no tempo!

O roteiro segue uma seqüência lógica, por isso procure fazê-lo nessa ordem. Lembro que isso é uma sugestão e fazer tudo em um dia, vai depender do seu perfil. Alguns lugares são somente para fotos, outros merecem uma visita com calma. Em azul a 1ª parte do roteiro e em vermelho a 2ª parte.

mapas-roteiro-montevideu-1-dia

ROTEIRO DO 1º DIA (Parte I)

(1) Plaza Cagancha

End.: Avenida 18 de Julio, uma das áreas mais nobres da cidade!
Horário: 24h Todos os dias
Entrada: Gratuita

Inaugurada em 7 de fevereiro de 1840, está localizada bem no coração de Montevidéu (conhecida também como Plaza Liberdad). O 1º monumento público da cidade foi construído nela, a Columma de La Paz, que simboliza o pacto entre os partidos políticos da época de sua fundação. Aproveite esse lugar e tire boas fotos, pois os edifícios mais “hermosos” de Montevidéu estão aqui. Uma dessas lindas obras é o edifício onde funcionava o Café Sorocabano, o meu favorito!

(2) Palácio de los Tribunales

End.: Calle San Jose x Calle Paraguay (na Plaza Cagancha)
Horário:
Entrada: Gratuita

Nesse prédio ficam todos os juizados cíveis do Uruguai e também o Centro dos Estudos Jurídicos do país. O local foi todo restaurado em 2007, foram gastos mais U$ 3mm nessa obra e fica bem em frente a Suprema Corte do Uruguai.

(3) Palácio Píria (Atual Suprema Corte de Justiça do Uruguai)

End.: Calle Gutiérrez Ruiz, 1320 ao lado do Palácio de los Tribunales (na Plaza Cagancha)
Horário:
Entrada: Gratuita

Situado na “Pasaje de los derechos humanos” na Plaza Cagancha, hoje é a sede da Suprema Corte de Justiça do Uruguai. O palácio é um dos monumentos arquitetônicos mais destacados da cidade. Construído em 1917 por Francisco Píria, o estilo da construção relembra a linguagem eclesiástica da época, com finos toques da arquitetura francesa, do arquiteto Camilo Gardelle. “El Señor Píria” (1847-1933), um rico empresário e fundador da cidade de Piriápolis (linda cidade, bem próximo a Punta Del Este), gostaria que esse palácio fosse a sua morada. Como Píria era alquimista, a “casa” possui numerosas representações simbólicas na sua decoração. Se você pretende visitar o palácio é bom ir de calça, por se tratar de um prédio federal não pode entrar de “pantalones cortos”.

(4) Museo Pedagógico José Pedro Varela

End.:Plaza Cagancha, 1175
Horário: 9h-19h seg/sex
Entrada: Gratuita
Site: http://www.crnti.edu.uy/museo/

O Museo tem o nome do sociólogo que no século 20 reformou o sistema educacional no país. No local é possível rever muitas coisas antigas utilizada para punir alunos (nada educativos) e uma boa biblioteca. O lugar é muito bem preservado, bonito e organizado.

(5) Mercado de Los Artesanos

End.: Plaza Cagancha, 1365
Horário: 10h-21h seg/sab
Entrada: Gratuita
Site: http://www.mercadodelosartesanos.com.uy/index.html

Aqui é um excelente lugar para você comprar artesanatos de boa qualidade e grande variedade. Localizado em um antigo prédio, que foi recentemente reformado, preserva a arquitetura do antigo lugar. No local também é possível encontrar vários cursos (veja agenda no site do mercado) e na parte superior existem também alguns barzinhos e restaurantes, onde é possível comer e beber sem gastar muito. Nos finais de semana (sex e sab) é um bom lugar para tomar uma bebida antes de sair pela cidade e rola uma boa musica ao vivo!

(6) Plaza Fabini (Plaza del Entrevero)

End.: Av. 18 de Julio entre as Calles Julio Herrera y Obes e Rio Negro.
Horário: 24h Todos os dias
Entrada: Gratuita

Essa é uma boa parada para quem vem caminhando pela Av 18 de Julio desde a Plaza Cagancha (500m). Pare, sente em um dos bancos e observe o movimento em volta, é bem legal. Quem assina pelo local é o engenheiro Juan Fabini (inaugurada em 1967), no seu centro um lindo chafariz com o monumento de Entrevero de José Belloni. Se você passar por aqui no sábado (a partir das 18h30), verá shows de tango e outras atrações.

(7) Museu la Moneda y del Gaucho / Palácio Heber

End.: Av. 18 de Julio, 998 (em frente a Plaza Fabini)
Horário: seg/sex 9h30-12h e 13h30-18h, sab/dom 16h-19h
Entrada: Gratuita

Os museus pertencem ao Banco de La Repúbica Oriental Del Uruguay, ambos localizados na Av. 18 de Julio, são muito bonitos vale muito a pena conhecer. Por lá é possível encontrar vestimentas de época, muitas obras de arte e um grande acervo de moedas datadas desde 1840. O local também é conhecido como Palácio Heber, construído em 1897.

(8) Palácio Salvo
End.: Av. 18 de Julio x Plaza Independencia
Horário:
Entrada: Não é aberto ao público.

Atualmente é um prédio de moradias. Desenhado pelo arquiteto Mario Palanti, foi inaugurado em 1928 e por muito tempo foi considerado o prédio mais alto da cidade, com 95 metros e 27 andares. O prédio é emblemático e foi muito criticado pelos arquitetos da época. Tire boas fotos, esse é um dos cartões postais da cidade!

(9) Plaza Independencia

End.: (Início) Av. 18 de Julio
Horário: 24h Todos os dias
Entrada: Gratuita

A maior praça da cidade está localizada na região mais histórica da cidade, a Ciudad Vieja. Foi fundada em 1836, ao seu redor é possível encontrar diversos prédios históricos e do governo. No centro da praça o imponente monumento ao político e militar General Jose Gervasio Artigas. Bom lembrar que por ser a maior praça da cidade existem muitos pedintes por aqui e ter atenção aos seus pertencer é sempre importante.

Booking.com

Sobre

Júnior Gomes

Júnior Gomes é um cearense cabra da peste, que desde 2009 começou a mochilar e já conquistou 19 carimbadas no seu passaporte. Morou no Sul do Chile e sonha em completar os 50 países até os 50 anos. Fundou o blog para ajudar outros viajantes, priorizando dicas de como viajar muito e gastar pouco. Ao lado dos seus amores, Bel (esposa) e Kika (cadelinha), sonha em curtir um sabático pelo mundo.

20 comentários

1 ago2015
Fabricio

Muito obrigado , pelas dicas! Espero que tenho gostado de Porto Alegre.

24 jul2015
Fabricio

Junior, boa noite

ótimo seu relato , muito esclarecedor,farei essa viagem em Outubro/15. Tenho algumas dúvidas ainda
Como faço para converter o Peso em real ? para saber o quanto estou gastando em R$.Aonde tu fez o câmbio aí no chui e quanto mais ou menos trocou antes de chegar a Mvd? Valeuuuu

18 jun2015
Rafael Gois

Junior, boa noite.
Grande relato !

Resumidamente, quais os valores individuais das passagens:
Porto Alegre X Chui?
Chui X Montevidéu?
Sabe dizer os tempos de viagem?

Existe uma passagem aérea por 800 reais ida e volta?
O que vc acha que vale mais a pena?

9 maio2015
Rodrigo Guarisa

Prezado Junior Boa noite coloquei uma msg pra vc no face, sou do Rio estou pretendo ir para Mvd, a passagem esta por 800, gostaria de conhecer Porto Alegre, tenho 7 dias pra fazer esta viagem esses dias seriam suficientes, para conhecer boa parte dessas cidades

    10 maio2015

    Rodrigo,
    Sim, é tranquilo. Com esse tempo pode fazer Montevidéu, Colônia e Punta del Este.

9 maio2015
Luciano

Vcs viajaram em que época do ano?
Agora em julho como ficam as temperaturas por lá?

6 maio2015
Ana karolina

Oi! Muito legal a sua explicação de como chegar no destino .
Iria fazer essa viagem mês que vem e gostaria de saber quanto levar ou trocar o real , quais são as maneiras mais fáceis .

    7 maio2015

    Ana,
    Leve Reais e troque por lá mesmo, logo na divisa no Chui tem várias casas de câmbio, sem falar que nosso dinheiro é aceito em todo canto do Uruguai.

21 abr2015
Vinicius

Parabéns pelo relato, ficou muito bom, espero fazer um parecido em julho, queria tirar uma dúvida, como você fez pra passar na aduana Uruguai? Não é necessário fazer isso no Chuy, tem como fazer direto na rodoviária tres cruces?
Abraços

    10 maio2015

    Vinicius,
    O ônibus para na fronteira e vc faz o tramite da saída do Brasil.
    No ônibus de Chui para MTV ele também para no posto fiscal, tem que informar para o motorista.

8 mar2015
Ana Maria Coffani dos Santos

Oi Jr! Gostei das suas dicas sobre a viajem de Montevidéu a Buenos Aires. Gosto de viajar de ônibus e quero fazer esse trecho POA/BbAs pelo Uruguay.

12 dez2014
Karina Sousa

Ola Junior!

Estou super afim de passar alguns dias em Montevidéu. Vou sozinha, teria como me dar um ideia de quanto mais ou menos gastaria com despesas de passagem e hospedagem e passagem, considerando esse mesmo percurso – saindo de Porto Alegre.

PS: sempre leio os seus posts, e nunca fui de mochileira a canto algum, e lendo seus posts a coragem tem aumentado e pretendo fazer minha experiencia no próximo mês!

2 nov2014
Luiza

Oi mochileiros, Vamos a MVD visitar o filho do meu marido e os netinhos pelo Natal. Queríamos conhecer o Chuí, pois como bom andarilhos pensamos o ano que vem ir ao Oiapoque. Ou seja, queremos dizer com veracidade que conhecemos o Brasil do Oiapoque ao Chuí! Obrigada pelas dicas! Luiza

    4 nov2014

    Oi Luiza,
    Eu sempre tive vontade de fazer esses extremos, agora falta o Oiapoque 🙂

31 maio2014

As dicas fora muito boas e me ajudou!
Obrigado por compartilhar.

    31 maio2014

    Antonio, eu que agradeço a credibilidade de acompanhar nosso blog. QQ dúvida pode falar.

Deixe seu comentário!





*

code