Roteiro de 3 dias em Montevidéu | 2º Dia

E ai gostaram do roteiro do 1º dia?! Espero que tenham conseguido fazer todos os pontos turísticos sugeridos nos posts anteriores. Observaram com certeza que a cidade é muito bonita, com uma arquitetura excepcional, povo acolhedor, clima agradável e com boas opções de locais para comer. Pois é, vamos seguir em frente, porque hoje iremos continuar andando por essa encantadora cidade, na hora do almoço vamos pegar um taxi e comer uma boa carne uruguaia no Mercado do Porto, que acham?! Ah, você não conseguiu concluir todos os pontos ontem? Então tente readequar seu roteiro para não deixar nada para trás, pois hoje o dia será mais light.

ROTEIRO DO 2º DIA

(1) Palácio Legislativo

End.: Av. de Las Leyes, s/n
Horário: seg/sex 9h-16h (a entrada é pela Av. General Flores) – Visitas guiadas 10h30 e 15h
Entrada: U$ 3,00
Site:

Grandioso prédio de neoclássica, construído no início do século XX (1908-1925) em homenagem ao centenário da Declaração da Independência Uruguaia (1830). Em 1975 foi elevado a categoria de Monumento Histórico Nacional. A construção foi assinada pelo arquiteto italiano Gaetano Moretti. Nos dias atuais abriga a câmara dos deputados e a câmara dos senadores.

O prédio é dividido em 6 partes, são elas:

  • Vestíbulo de Honra | entrada principal do palácio, em destaque as duas colunas de granito vermelho (maciças) de 6,20m de altura.
  • Salão dos Passos Perdidos | este salão divide simetricamente o palácio, de um lado os deputados e do outro o senado. Em destaque a ata original da Declaração da Independência de 1825.
  • Salão de Festas | aqui são realizados eventos protocolares e eventos. Em destaque o teto folheado a ouro em estilo barroco bizantino.
  • Câmara dos Senadores | composta por 30 senadores e o Presidente do Senado. Em destaque o lindo vitral italiano com formato de sol nascente.
  • Câmara dos Deputados | composta por 99 deputados e presidida por um dos mesmos. Em destaque os móveis em madeiras europeias e o vitral com o emblema nacional.
  • Salão Central da Biblioteca | essa é a segunda maior biblioteca do Uruguai com aproximadamente 250.000 volumes e pela manhã está aberta ao publico em geral. Destaque para o trabalho em madeira assinado por italianos.

Dica: para o próximo destino pegue um taxi (UYU$ 100,00) ou coletivo (UYU$ 10,00) até a parada de Uruguay y Florida. Descendo do coletivo caminhe 7 quadras pela Calle 25 de Mayo até a esquina com a Calle Misiones. Chegando aí você estará ao lado do complexo de casas do Museo Histórico Nacional.

(2) Museo Histórico Nacional – Complexo

End.: Calle 25 de Mayo, 428-434
Horário: seg/sex 11h-17h sab 11h-16h
Entrada: Gratuita
Site:

O local é formado por um conjunto de mansões seculares, são elas:

  • Casa de Rivera – caso do 1º presidente do Uruguai Gen. Fructuoso Rivera
  • Casa de Lavalleja – casa do General Juán Antonio Lavalleja, libertou o Uruguai do Brasil
  • Casa de Garibaldi – pensão de Giuseppe Garibaldi e Anita
  • Casa Montero/Museo Romântico – preserva o estilo romântico do século 19
  • Palácio Taranco – arquitetura e muita arte nesse lugar

Tudo em um só lugar e por esse motivo é bom deixar um espaço de tempo considerável para essa visita.

(3) Plaza Zabala

End.: 1 quadra da Casa Rivera entre as Calles – Zabala x Colon x Sarandi x 25 de Mayo
Horário: 24h todos os dias
Entrada: Gratuita
Site:

Essa pequena e aconchegante praça tem o nome do fundador de Montevideo – Bruno Mauricio de Zabala. Curiosamente, possui um formato oblíquo, distorcendo totalmente do perfeito xadrez das ruas do bairro da Ciudad Vieja. São destaques dessa praça: os jardins com ares parisienses, os trechos de trilhos e portões. Para chegar até o Mercado del Puerto: saindo da Plaza Zabala, caminhe pela Calle Sollis 3 quadras, vire a esquerda na Calle Piedras, na segunda quadro você irá avistar o Mercado.

(4) Mecado Del Puerto

End.:Rambla 25 de Agosto, em frente ao Puerto de Montevideo.
Horário: Todos os dias até as 18h
Entrada: Gratuita
Site: http://www.mercadodelpuerto.com

Esse bonito prédio de arquitetura inglesa foi inaugurado em 1868. Originalmente foi construído para abrigar o Mercado Municipal da cidade de Montevideo e hoje é palco dos melhores restaurante especializados em um excelente “asado” uruguaio. O Mercado del Puerto só funciona para almoço, até as 18h. Os restaurantes localizados do lado de fora do mercado funcionam também para jantar.
Podemos destacar como uma dos melhores do local o El Palenque, que serve bons pratos como lomo e cordero, no entanto um dos mais caros. Um bom filé na casa de UYU$ 380,00 Cordeiro em média UYU$ 260,00 e uma Cerveja Patricia UYU$100,00. Vale muito à pena chegar, comer e curtir o Mercado até a hora de fechar.

(5) Museo Del Carnaval

End.:Rambla 25 de Agosto, ao lado do Mercado del Puerto
Horário: ter-dom 11h as 17h
Entrada: UYU$ 40,00 (terças Gratuita)
Site: http://www.museodelcarnaval.org/

Carnaval para se comparar o do Brasil não existe, mas nem por isso o carnaval no Uruguai é pouco celebrado, eles gostam dessa festa. Maior prova é que fizeram um museo para homenagear o carnaval. Após o almoço curta esse museo, é bem legal.

(6) Escollera Sarandi

End.:Final da Calle Sarandi com a Rambla Francia, ao lado do Terminal Cuenca del Plata (cargas)
Horário: 24h todos os dias
Entrada: Gratuita
Site:

O local é muito freqüentado por pescadores, conhecido aqui no Brasil como “Espigão” ou “Titan” ou “Quebra Mar”. Dizem que a vista do lugar no final de tarde é bem bonita. Aproveite e tire boas fotos.

Booking.com

Sobre

Júnior Gomes

Júnior Gomes é um cearense cabra da peste, que desde 2009 começou a mochilar e já conquistou 19 carimbadas no seu passaporte. Morou no Sul do Chile e sonha em completar os 50 países até os 50 anos. Fundou o blog para ajudar outros viajantes, priorizando dicas de como viajar muito e gastar pouco. Ao lado dos seus amores, Bel (esposa) e Kika (cadelinha), sonha em curtir um sabático pelo mundo.

14 comentários

7 jul2015
Ricardo

Júnior, para fazer os passeios do Cerro Catedral e Cerro Campanário é necessário contratar empresa de turismo ? Nestes pontos existe lanchonetes ou restaurantes ? Tem algum sugestão destes ?

    15 jul2015

    Ricardo,
    Sim é melhor fazer com empresa, recomendo a Barlan Travel.
    Tem restaurante e lanchonete.

26 jun2015
Julio Gouv~ea

Boa tarde Júnior, tudo bem?
Parabéns pelos seus posts estou curtindo muito lendo-os.
Seguinte, vou para Bariloche agora no mês de agosto e gostaria de saber se além das roupas e botas, também são alugadas luvas.
Forte abraço!

    15 jul2015

    Julio,
    Alugue tudo por lá, não vale a pena comprar ou levar peso do Brasil.

24 jun2015
Mara Salaroli

Olá Junior
Estaremos em Bariloche nos dias : 02/07 a 10/07/2015. Eu, meu esposo, meus filhos de 14 e 16 anos. Gostaria de saber mais ou menos qual o valor do de roupas para todos esses dias ? ou se compensa eu comprar e levar do Brasil? A diferença de preço entre o Brasil e Bariloche compensa? Estou te perguntando, porque alguma pessoas me disseram que na Alta Temporada o preço é bem parecido com o o do Brasil. No aguardo. Grata Mara

24 jun2015
Jéssica

Olá, Junior!

Irei viajar para Bariloche em Julho e estou com uma dúvida. Não irei comprar roupas para esse frio. Minha intenção, desde o inicio é alugar. Mas lendo alguns posts eu fiquei meio confusa. Essas lojas alugam roupa para o frio ou roupas específicas para praticas de esportes na neve? Se eu quiser alugar essas roupas apenas para passar o dia, tem como?

9 mar2015
Fernanda Heloisa

gostaria de saber que moeda eu levo para Bariloche..dólar /real / trocar aqui ou lá ?
vou com 3 crianças vc sabe me dizer quanto em media vou gastar para alugar roupas para 5 pessoas

    10 mar2015

    Fernanda,
    Na situação que estamos o melhor é levar Real mesmo e trocar no Câmbio Blue (não oficial). Entre em contato com essa loja por email e eles te passam os preços atuais!

1 ago2014
Monique

Olá! Para esquiar, essas botas que vc alugou serve ou tem que ser uma específica para ski? Sabe dizer se eles fazem cambio peso real? Obrigada

19 jun2014
Suelma

Gostaria de saber sobre as roupas especificas pra neve, como as que devem ser ultilizadas nos passeios aos cerros e praticas de ski por exemplo…ja saimos do hotel com estas roupas ou veste-se só no local? sei que a pergunta é tola, mais vai me ajudar bastante se responder obriada

    19 jun2014

    Suelma, boa tarde!
    Fica tranquila, nenhuma pergunta é tola, estamos aqui para isso mesmo 🙂 Com minhas perguntas assim já ajudei muita gente como vc.
    Bem, quanto as roupas, nós em um dos passeios da Laguna Congelada levamos as roupas e colocamos por cima da outra que estávamos lá, isso vai depender do frio do dia. Tem gente que fica o dia todo empacotado com as roupas de frio, que são meio grosseiras e pesadas para andar. Eu mesmo não gosto, por isso preferi ir com outra por baixo e retirar a especifica para a neve. No nosso caso, na volta do passeio descemos antes do hotel para resolvermos outras coisas, mais um motivo para ficar com roupas “normais”.

13 jun2014

Nossa que viagem maravilhosa!
Eu fiquei só viajando aqui no post e nas fotos muito legal mesmo.
Se um dia eu for á Bariloche, Argentina já estarei preparado com essas dicas de turismo.
Amei as dicas Júnior, parabéns pelo artigo.

    14 jun2014

    Obrigado Carlos!
    Bariloche é uma cidade mágica. Fica ligado que em breve postaremos mais coisas 🙂

Deixe seu comentário!





*

code