Peru – Arequipa | Sobre a Cidade

Fundada em 1540, Arequipa é hoje considerada a segunda maior cidade do Peru, onde disputa com Trujillo esse posto, mas sem dúvida alguma é a mais bonita das cidades do país.

Com uma população de aproximadamente 1 milhão de habitantes, Arequipa (ari = “pico” + quipa = “reina” referência ao Vulcão El Misti). Sua localização é estratégica para aqueles que chegam ao país pela região sul, oriundos do Chile.

diario-de-mochileiro-el-misti

Vulcão El Misti

Situada a 2.380m acima do nível do mar, próxima a costa do pacífico e a região dos Andes. A região sem duvida é uma das mais belas do país e porque não dizer da América do Sul, com vales, costa, montanhas, vulcões e cânions. Arequipa também se destaca por ser uma base favorita dos amantes de esportes radicais, como escalar vulcões, rafting em rios, caminhadas em vales e na observação fantástica de condores no Canyon de Colca, quase duas vezes mais profundo que o Grand Canyon e é considerado o mais profundo canyon do Mundo.

diario-de-mochileiro-canyon-de-colca-001

Canyon de Colca - Mirador del Condor

Sobreviveu a 5 terremotos (1687, 1868, 1958, 1960 e 2007), embora com destruições significativas na sua área urbana todas restauradas ao longo dos anos. Possui um apelido carinhoso de La Ciudad Blanca, por conta de suas inúmeras construções erguidas com a rocha vulcânica Silliar, típica dessa região. Com forte descendência espanhola, sua arquitetura encanta a todos que passam por aqui. Em destaque a Plaza de Armas, com sua imponente Catedral e ao fundo o gigantesco Vulcão El Misti com seus 5.822m, esse um dos três picos vulcânicos que circundam a cidade. Os outros dois são: Chachani e Pichu Pichu, que também pairam em torno dos 6.000m. Como a maioria das cidades peruanas, tem na Plaza de Armas o ponto central da cidade, surgindo daí várias ruas e ruelas de paralelepípedos, característica muito peculiar da cidade. Ao redor da Plaza existem excelentes restaurantes, bancos, hotéis, agências de turismo, museus, igrejas, lojas de artesanatos e muitas lojas locais (tipicamente do centro das cidades), com destaque para as Calles Santo Domingo e Mercaderes.

diario-de-mochileiro-pedra-silliar

Construções feitas com pedras Silliar

diario-de-mochileiro-catedral-de-arequipa

Catedral de Arequipa - Toda construída em pedra Silliar

Curiosidade: Os picos nevados dos Vulcões de Arequipa ficam cobertos de neve o ano todo, no entanto nos últimos anos esse cenário vem mudando. Desde 2009, os picos dos Vulcões Chachani, El Misti e Pichu Pichu – tiveram seus picos cobertos de neve por apenas três meses (junho-agosto). Os efeitos do aquecimento global e, por conseqüência a deteriorização do ozônio, têm não só alterado os cartões postais da cidade. Outro ponto importante e preocupante é na possível descoberta de sacrifícios efetuados pelos Incas, que com a falta do gelo(neve) podem ser deterioradas, dificultando estudos futuros.

Links Relacionados
1. Peru – Arequipa | Post-Índice
2. 9º Domingão de Twittadas | Peru
3. 10º Domingão de Twittadas | Bolívia

Booking.com

Sobre

Júnior Gomes

Júnior Gomes é um cearense cabra da peste, que desde 2009 começou a mochilar e já conquistou 19 carimbadas no seu passaporte. Morou no Sul do Chile e sonha em completar os 50 países até os 50 anos. Fundou o blog para ajudar outros viajantes, priorizando dicas de como viajar muito e gastar pouco. Ao lado dos seus amores, Bel (esposa) e Kika (cadelinha), sonha em curtir um sabático pelo mundo.

10 comentários

6 maio2015

Junior estou indo para Salar de Uyuni via Santa Cruz de La Sierra. Já que não tem como fazer reserva de ônibus, será que não vou ter problemas de estar lotado?
Tenho muito medo de passar mal por causa da altitude.
Adorei suas dicas.
Obrigada

    7 maio2015

    Cleia,
    Boa pergunta, é na sorte 🙂
    Passar mal também é uma incógnita, isso depende de pessoa para pessoa…

26 dez2014
Karina

Olá Junior!

Muito boas as suas dicas sobre a Bolívia!
Esrou indo prá lá em Janeiro, vou de Sta. Cruz para Uyuni de ônibus/ trem. Vc pode me ajudar sobre como você achou os horários de ônibus do Terminal Bimodal? Não encontro em lugar algum aqui na internet!
E sobre $$bolivianos, aonde comprar?

Desde já agradeço!
Abraço!
Karina

    21 fev2015

    Karina,
    Os horários tem um link no post e pesos vc copra lá mesmo quando cruzar a fronteira, é fácil!

27 out2014
Fernanda

Olá! A paisagem é realmente maneirísssima, pretendo ir em Fevereiro/2015. Mas esse “medo” da altitude anda me tirando o sono… Depois dos dias vocês melhoraram? O corpo se acostuma mesmo? To muitooo preocupada com isso!

18 set2014
Mariana

Amei os posts sobre a Bolívia!!
Vou pra lá dia 03/10/14 e estou SUUUPER ansiosa!!
Não paro de ler sobre o assunto, realmente não vejo a hora de chegar lá.
Adorei as dicas e acho que já estou, pelo menos psicologicamente, mais preparada para encarar a “querida” altitude.

Um abraço enorme,
Mariana – Rio de Janeiro.

16 jul2014
denis

Estou indo fazer a mesma viagem. Saindo de Santiago de carro até San Pedro e depois o salar de uyuni. Tenho uma duvida. Voces sairam de san pedro e voltaram para san pedro?
Porque eu preciso voltar por san pedro novamente.

    26 jul2014

    Denis,
    Compramos o pacote com ida e volta por San Pedro, mas não voltamos. É possível, a empresa vai te cobrar a volta que é no dia seguinte a sua chegada em Uyuni.

Deixe seu comentário!





*

code